Senador Omar Aziz (PSD-AM)
Divulgação/Agência Senado/Edilson Rodrigues
Senador Omar Aziz (PSD-AM)

O presidente da CPI da Covid Omar Aziz (PSD-AM) rebateu nesta segunda-feira (28) criticas feitas pelo  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre os trabalhos da Comissão.

Em conversa com apoiadores no ‘cercadinho’ do Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse que Randolfe Rodrigues, Aziz e Renan Calheiros “querem o Brasil de antigamente e viver na impunidade”.

“Não são patetas, são bastante espertos. Sabem o que querem. Querem o Brasil como era antigamente e viver na impunidade. Eles estão fazendo a coisa para eles bastante certa, estão de parabéns para os objetivos deles”, afirmou Bolsonaro.

 Aziz, pelas redes sociais, rebateu as críticas feitas pelo chefe do executivo. 

Confira o tuíte:

Ricardo Barros , citado pelo senador na publicação, é  deputado e líder do governo federal na Câmara . Na última sessão da CPI da Covid, o deputado Luis Miranda, que prestou depoimento, revelou que Barros pressionou o servidor público do Ministério da Saúde Luís Ricardo, irmão do deputado, para assinar representação de compra da vacina Covaxin.

O imunizante indiano é a vacina mais cara encomendada pelo governo federal. O negócio fechado em tempo recorde, apenas 97 dias, é alvo de suspeitas de superfaturamento na compra. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários