Renan Calheiros (MDB-AL)
Divulgação/Agência Senado/Jefferson Rudy
Renan Calheiros (MDB-AL)

Nesta terça-feira (22), durante sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o relator Renan Calheiros (MDB-AL) listou as  contradições ditas pelo depoente Osmar Terra (MDB-RS) sobre o enfrentamento da pandemia no Brasil.

Entre os fatores listados por Calheiros, estão tópicos como o lockdownimunidade de rebanho e a crise de oxigênio que atingiu o município de Manaus (AM) no início do ano.

Osmar Terra (MDB-RS) depõe na CPI da Covid nesta terça-feira (22)
Divulgação/Agência Senado/Edilson Rodrigues
Osmar Terra (MDB-RS) depõe na CPI da Covid nesta terça-feira (22)


"O lockdown funciona, sim, está aprovado, diferentemente do que ouvimos, que o lockdown não piora a contaminação. Como aqui foi dito também, em Manaus não houve imunidade de rebanho, os dados mostram exatamente isso, que a questão da Suécia citada aqui como referência pelo deputado Osmar , tem os piores indicadores da região. E, ontem, o Premier foi afastado por ter apostado na imunidade de rebanho", disse o relator .

"Ele também diz que a letalidade da Covid é, mais ou menos, 0,27%, mas os dados do EPICOVID apresentados ao Ministério da Saúde mostram que a taxa é de aproximadamente 1% e ele diz também que a taxa de reinfecção é pequena", continuou.

"Entretanto, análise conduzida por cientistas do Centro Conjunto Brasil-Reino Unido para Descoberta, Diagnóstico, Genômica e Epidemiologia de Arbovírus (CADDE), sugere que até 31% dos indivíduos que contraíram a Covid em Manaus, após janeiro de 2021, quando a cidade foi atingida pela segunda onda da doença, corresponde a caso de reinfecção pela nova variante P1, que o Supremo não eximiu o Presidente da República de responsabilidade, como aqui já colocou o presidente Omar Aziz ".

Você viu?


Assista ao momento:




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários