Osmar Terra (MDB-RS) na CPI da Covid
Divulgação/Agência Senado/Edilson Rodrigues
Osmar Terra (MDB-RS) na CPI da Covid


deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), durante a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Covid-19 , citou a Suécia como exemplo de condução da pandemia do novo coronavírus, alegando que Suécia não promoveu o lockdown e teve um bom desempenho na gestão da crise sanitária.

Os senadores rebateram o argumento do deputado. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) rebateu o dado alegando que a Suécia teve a pior performance na condução da pandemia entre os países da Escandinávia.

"Todo mundo sabe que o dado está errado, na escandinávia a Suécia foi aonde mais matou gente", declarou Randolfe.

Veja vídeo:




Em outro momento, os dados da Suécia voltaram a ser polemizados. Senador Ciro Nogueira (PP-PI) retomou o debate sobre os números da Suécia em comparação ao da República Tcheca, citado pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), o que acabou gerando uma discussão entre o senador Randolfe e o senador Luiz Carlos Heize (PP-RS).

Você viu?

O senador Randolfe Rodrigues, corrigiu ao dado propagado por Osmar Terra, sobre a Suécia ser um dos países com a melhor gestão da pandemia. Senador concordou que o dado não procede em relação a República Tcheca, mas reiterou a má condução do governo sueco, em relação aos outros países da Escandinávia (Finlândia, Suécia, Noruega e Dinamarca).

"O que não pode, presidente, senhor relator, é prevalecer uma estratégia de desinformar as pessoas. Essa CPI não pode ser uma CPI da fake news", declarou Randolfe indignado. 

O debate desencadeou um bate-boca entre o senador Randolfe e Heize, que tiveram seus microfones desligados. Veja vídeo:







    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários