Senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ)
Leopoldo Silva/Agência Senado
Senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ)

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) rebateu as  acusações feitas por Witzel em seu depoimento na CPI — de que o filho do presidente da República seria o "dono" dos hospitais federais do Rio de Janeiro. Segundo Flávio, Witzel é "além de criminoso, um grande mentiroso".

"Não tenho nenhuma responsabilidade sobre as indicações aqui dos hospitais federais aqui do Rio de Janeiro. Não mando em absolutamente nada. Se me perguntar o nome de um diretor de hospital federal não vou saber te dizer, porque eu não conheço. Ele cria uma fantasia na cabeça dele e passa a acreditar naquilo. Isso é um sintoma de doença", disparo

Flávio ainda culpou Witzel pelas mortes por Covid-19 no estado do Rio de Janeiro e disse que vai processá-lo caso ele continue as acusações que fez à CPI nesta quarta-feira.

"Ele tenta criar uma narrativa para que o assunto fique sendo remoído na CPI, desgastando o nome meu e o presidente Bolsonaro. Infelizmente ele não soube aproveitar a oportunidade que Deus deu para ele de, com nosso apoio, se tornar governador de um estado tão bonito e maravilhoso quanto o Rio de Janeiro. Esse cara roubou em plena pandemia, isso é um assassino. Ele tem responsabilidade, sangue nas mãos por causa desses quase 500 mil pessoas que já foram vítimas da covid. Agora ele vai ter que provar. Porque se não provar vai ter que pagar indenização, porque vou processá-lo pelo que está fazendo", completou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários