Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Reprodução
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

O presidente Jair Bolsonaro  (sem partido) afirmou nesta quarta-feira (9) que "perdemos" o Peru , em referência à provável vitória do candidato de esquerda Pedro Castillo , que lidera a apuração eleitoral. Bolsonaro disse que só um "milagre" impede a vitória de Castillo e disse que ele é vinculado ao Foro de São Paulo, organização que reúne partidos de esquerda.

No mesmo discurso, Bolsonaro criticou a eleição da Assembleia Constituinte no Chile, que tem uma maioria de independentes e esquerdistas, e voltou a atacar os governos da Argentina e da Venezuela.

"Perdemos agora o Peru. Voltou, ao que tudo indica, falta 1% de apuração lá, só um milagre para reverter, vai reassumir um cara do Foro de São Paulo. Olha a nova Constituinte do Chile", discursou Bolsonaro, durante culto em Anápolis (GO).

Castillo se autodeclarou vencedor das eleições do último domingo, citando contagens extraoficiais feitas por seus próprios auditores. Em discurso na noite de terça-feira do balcão da sede do seu partido, em Lima, o professor e sindicalista afirmou aos seus seguidores que a vitória está assegurada.

Com 98,3% das atas contabilizadas, Castillo mantém-se à frente de Keiko Fujimori, filha do ex-ditador Alberto Fujimori (1990-2000), mas a margem ainda é muito pequena para que as autoridades sacramentem um vencedor, o que pode levar dias para acontecer. O Júri Nacional de Eleições só deve proclamar o resultado depois da contagem de todos os votos e da verificação das chamadas "atas contestadas".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários