Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Reprodução
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Nesta terça-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada que está ansioso para decidir sua filiação partidária.  Bolsonaro  está sem partido desde novembro de 2019, quando se desfiliou do PSL, sigla pela qual foi eleito.

"Não vejo a hora de decidir o partido, mas não é decisão minha não", disse ele.

De acordo com o portal Metrópoles , Bolsonaro negocia com legendas como PMB, Patriota, DC e PSC. Uma das condições do presidente é ter o controle dos diretórios estaduais para entregar a aliados.

Um dos apoiadores pediu para que Bolsonaro indicasse um nome para o partido ao qual vai se filiar e ele respondeu: "Partido sendo meu, eu aceito a indicação tua, se for meu o partido. Ninguém quer entregar o osso para a gente, querem entregar só o casco do boi, nenhum ossinho com tutano querem dar para a gente".

Em conversa com o senador Ciro Nogueira (PP-PI) na última semana, o mandatário admitiu que há a possibilidade de retornar ao Progressistas (PP), ao qual era filiado na época em que era deputado federal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários