Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez uma publicação em uma rede social em tom de provocação ao presidente da CPI da Covid , o senador Omar Azis (PSD-AM). A postagem foi feita pouco antes do início da sessão desta terça-feira, 25, da comissão, que conta com a oitiva da secretária de Gestão do Trabalho e na Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como "Capitã Cloroquina".

Bolsonaro publicou no Facebook um print [foto do arquivo] do Projeto de Lei (PL) de autoria de Aziz que objetiva "tipificar o crime de prescrição de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais sem comprovação científica". 


Defenso do uso da cloroquina no tratamento da Covid-19, Bolsonaro escreveu na legenda: "Médicos podem ser punidos com até 3 anos de detenção caso receitem qualquer remédio sem comprovação científica para aquela doença. Deixe o seu comentário". Apenas duas horas depois da publicação, já foram mobilizados 22 mil comentários e mais de 4,8 mil compartilhamentos.

A cloroquina e a hidroxicloroquina são remédios sem comprovação científica de eficácia para o tratamento da Covid-19. Há especialistas que alertam, inclusive, sobre efeitos colaterais graves das substâncias.

O uso das medicações, no chamado "tratamento precoce", é um dos focos do depoimento de Mayra Pinheiro nesta terça na CPI da Covid .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários