Ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello
Jefferson Rudy/Agência Senado
Ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello

O ex-ministro Eduardo Pazuello assumiu, em depoimento à CPI da Covid nesta quinta-feira (20), parte da  culpa pela crise sanitária do país em decorrência da Covid-19. A resposta do general foi dada após a senadora Leila Barros (PSB-DF) perguntar se ele é o "principal culpado pelo desastre sanitário".

“Não sou o único responsável, todos os gestores em todos os níveis são responsáveis”, respondeu Pazuello. 

A Senadora ainda falou da previsão "otimista" do Ministério da Saúde sobre a quantidade de vacinas que seriam disponibilizadas à população brasileira em 2021 já que, por vezes, o então ministro reduziu a estimativa de doses que seriam entregues.

Pazuello respondeu que a pasta dominava fatores como os contratos com as farmacêuticas, mas que fugia da alçada do ministério a execução de entregas pelos laboratórios. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários