Eduardo Pazuello em depoimento na CPI da Covid
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
Eduardo Pazuello em depoimento na CPI da Covid

ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid que não foi o único responsável por todas as decisões tomadas na pandemia e, pelo segundo dia consecutivo, voltou a defender uma divisão de responsabilidades com estados e municípios e suas secretarias de saúde.

"A pandemia tem decisões em muitos vetores e no nível na Saúde, temos também decisões escalonadas, do ministro, de secretários, de Estados e prefeitos, decisões tripartite. Não tomei decisões sozinho, eram pactuadas, discutidas de uma forma clara e objetiva com os executivos do Conass [Conselho Nacional de Secretários de Saúde] e do Conasems [Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde]", argumentou Pazuelloe em resposta ao senador Ângelo Coronel (PSD-BA).

Pazuello falou mais uma vez que teve liberdade de tomar decisões, "mas as demais frentes da pandemia são conduzidas por outras pessoas". 

Na última quarta-feira, 19, ele disse que o Ministério da Saúde só é responsável por 1/3 do Sistema Único de Saúde  (SUS), o demais deveria ser administrado por estados e municípios, segundo ele.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários