Na primeira semana de funcionamento, a CPI da Covid ouviu ex-ministros da Saúde e o atual chefe da pasta
Pedro França/Agência Senado
Na primeira semana de funcionamento, a CPI da Covid ouviu ex-ministros da Saúde e o atual chefe da pasta

A CPI da Covid ouve nesta segunda-feira (10) três governadores e um prefeito para falar sobre a compra direta de vacinas contra a Covid-19 sem ter a União como intermediário. A reunião será remota e está marcada para as 10h.

Devem participar da reunião os governadores do Piauí, Wellington Dias (PT); do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB); e de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB). Também confirmou a participação na reunião o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, que é presidente do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras. O grupo tem a participação de 2,6 mil municípios.

Além da compra de vacinas, os convidados devem abordar as dificuldades que vêm sendo enfrentadas pelos entes federados, o estágio da pandemia nos estados e o progresso do cronograma de vacinação.

Comissão

Além da reunião com os governadores e o prefeito, a comissão já tem definido o cronograma de todo o mês de maio. Serão ouvidos em audiências públicas remotas os ministros Marcelo Queiroga, da Saúde; Paulo Guedes, da Economia; Carlos Alberto Franco França, das Relações Exteriores; e Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia e Inovações; além de representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), embaixadores e profissionais da saúde.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários