Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid
Pedro França/Agência Senado
Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid fez um requerimento para que o general Eduardo Pazuello , ex-ministro da Saúde, apresente um teste para o novo coronavírus (Sars-CoV-2) com o objetivo de atestar se o militar está com a Covid-19 .

A audiência de Pazuello na CPI da Covid, que estava marcada para esta quarta-feira (5), foi adiada para 19 de maio. O motivo do adiamento foi o contato que o ex-ministro teve com duas pessoas que estavam infectadas, segundo a assessoria de imprensa dele.

O requerimento de Randolfe foi feito após o jornal  O Estado de São Paulo  noticiar que Pazuello teria se encontrado com o ministro da secretaria geral da presidência, Onyx Lorenzoni , nesta quinta-feira (6). Por ter tido contato com contaminados, o general precisaria cumprir isolamento social de 14 dias.

Ainda de acordo com o jornal, Pazuello também foi visto circulando pelo Hotel de Trânsito de Oficiais, onde mora, sem máscara.

Randolfe argumentou, no pedido, que "é importante saber se o ex-ministro realizou exame antes de receber o ministro da Secretaria-Geral, Onyx Lorenzoni".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários