Ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF)
Fellipe Sampaio/SCO/STF
Ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF)

O ministro Kassio Nunes , do Supremo Tribunal Federal (STF), foi sorteado como o relator de ação contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo conteúdo de conversa gravada entre ele e o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO). Eles conversaram no último sábado (10) e o parlamentar divulgou o áudio um dia depois. A informação é da CNN Brasil .

Na ligação, Bolsonaro pressionou para que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a condução do governo federal na Covid-19 e eventuais omissões fosse ampliada para apurar também governadores e prefeitos.

Parlamentares afirmam na ação que o diálogo se trata do chefe do Poder Executivo pressionando membro do Poder Legislativo para interferir na instauração de um processo de investigação de que é alvo. Segundo as acusações, o presidente faz isso inclusive por meio do acionamento de processos contra membros do Poder Judiciário, que determinaram a instalação da CPI.

A ação é movida pelos deputados federais David Miranda (RJ), Fernanda Melchionna (RS), Sâmia Bonfim (SP) e Viviane Reis (PA), os quatro do PSOL.

A ação, encaminhada ao presidente do STF, ministro Luiz Fux, também destaca que os pedidos, realizados pelo presidente ao senador, "têm como fim o seu favorecimento pessoal".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários