Lula em seu primeiro após a anulação de suas condenações
Ricardo Stuckert/Fotos Públicas
Lula em seu primeiro após a anulação de suas condenações

O ex-presidente Lula disse nesta quinta-feira (1º) que, "se for preciso", o PT vai se aliar ao centro para enfrentar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições de 2022 . A declaração foi feita pelo petista nesta quinta-feira (1º) em entrevista jornalista Reinaldo Azevedo, no programa O É da Coisa , da rádio BandNews. "O PT é um partido grande. Vamos construir alianças com setores de esquerda. Se for preciso alianças com o centro, vamos tentar", afirmou.

Lula ainda criticou um  manifesto pela democracia assinado por Ciro Gomes (PDT), Eduardo Leite (PSDB), João Amoêdo (Novo), João Doria (PSDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Luciano Huck (sem partido). O documento foi divulgado nesta quarta-feira (31).

"Aprovo qualquer manifesto que defenda a democracia. Mas todos eles tiveram a chance de deixar a democracia garantida e votar no Haddad [na eleição de 2018]. Mas preferiram votar em Bolsonaro”, disse o ex-presidente. "O Ciro foi pra Paris", disse o ex-presidente.

O petista ainda comentou as eleições do ano que vem e disse ele não precisa necessariamente ser candidato. Essa possibilidade, no entanto, não é considerada no PT nem no meio político em geral.

"Neste ano de 2021 não quero discutir 2022. Este ano é ano de todos nós que temos responsabilidade fazermos um esforço para que este país tenha vacina para todo mundo, que é a única garantia que vamos ter. Precisamos ter auxílio emergencial pro trabalhador poder ficar em casa e comer. Precisamos de auxílio pro microempreendedor poder continuar existindo", disse Lula.

Durante a entrevista, o ex-presidente fez várias críticas a Bolsonaro e chegou a chamá-lo de "genocida". "Espero que o Bolsonaro esteja assistindo essa entrevista. Porque queria mandar um recado pra ele: Deixe de ser ignorante, presidente. Quando tiver vacina pra todo mundo, aí todo mundo vai querer voltar a trabalhar. E o país vai crescer."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários