Haddad criticou pesquisa que apontou apoio ao processo que condenou o ex-presidente
Ricardo Stuckert
Haddad criticou pesquisa que apontou apoio ao processo que condenou o ex-presidente

Nesta segunda-feira (22), o Instituto Datafolha divulgou pesquisa mostrando que a  maioria dos brasileiros apoia a condenação do ex-presidente Lula e critica a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de anular os processos. Poucas horas depois, Fernando Haddad questionou a realização do levantamento, ressaltando que o ideal seria avaliar o petista em um processo eleitoral.

"Tenho uma ideia melhor do que julgar Lula pelo DataFolha. Que tal uma eleição?", escreveu o ex-presidenciável, em publicação no Twitter:


Na pesquisa, o Datafolha revelou que 57% dos brasileiros apoiam o julgamento realizado pelo ex-juiz Sergio Moro e que condenou Lula no âmbito da operação Lava Jato a mais de nove anos de prisão. Além disso, mostrou que 51% não querem ver o petista candidato em 2022.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários