Governador de São Paulo, João Dória Jr (PSDB)
Agência Brasil
Governador de São Paulo, João Dória Jr (PSDB)

O PSDB compartilhou nesta segunda-feira (22) nota oficial assinada pelo governador de São Paulo, João Doria , repudiando ataques feitos por “radicais negacionistas”.

Na nota, Doria alega que a primeira-dama do estado, Bia Doria e seus filhos estão sofrendo ameças por parte desse grupo. “Nas últimas semanas, estes fanáticos extremistas aumentaram o tom das agressões a mim e ao governo de São Paulo”, afirma.

No último domingo (21), manifestantes bolsonaristas se aglomeraram nas intermediações da casa de João Doria, na região dos Jardins, em Pinheiros, pedindo sua saída.

Confira registro gravado por manifestante pró-Bolsonaro em frente à casa do governador do PSDB:


O governador paulista lamentou a manifestação, e criticou os que participaram do ato:

Você viu?

“Elas partem de pessoas sem limites, guiadas por uma cegueira destrutiva, pelo ódio, pelo fanatismo sem precedentes”, afirma. “As seguidas importunações, xingamentos e ameaças desses extremistas, em frente à minha residência, prejudicam também nossos vizinhos, afetando-lhes à paz, a segurança e o direito de ir e vir”, completa o tucano.


Confira a nota:


“Paz, união e vacinas”, pede João Doria no combate a pandemia  do novo coronavírus (Sars-Cov-2) e a crise econômica no país.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários