João Amoêdo, ex-presidenciável pelo Novo
Marcos Corrêa/Creative Commons
João Amoêdo, ex-presidenciável pelo Novo

O ex-presidenciável pelo Novo João Amoêdo disse concordar com as posições do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no combate à pandemia e disse que apoia o posicionamento do petista de defender o uso de máscara, as vacinas e o uso de imagens de gestores para incentivar a população a se imunizar.

"A ideia que mais concordo é com o tratamento da pandemia. Utilização de máscaras, vacinação, de ter nossos gestores dando exemplo como garotos-propaganda da vacina", disse em entrevista ao portal UOL , destacando que o que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) faz é "rigorosamente o contrário" do que dar segurança para a população se imunizar contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Embora concorde nesse aspecto da saúde, Amoêdo afirmou que sua maior discordância com o discurso do ex-presidente esta semana no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, está parte em que Lula diz que foi injustiçado . "Não concordo com a ideia de que ele foi a pessoa mais injustiçada nos últimos 500 anos".

Para o representante do Novo, o ex-presidente teve suas condenações anuladas por burocracia, mas afirmou que os crimes "foram cometidos e comprovados". "Não existe [isso de] ele ser uma pessoa, coitado, colado na cadeia", disse o liberal.

Amoêdo avaliou como acertada a decisão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em restringir a condição do estado na pandemia por conta do aumento de casos de Covid-19 . O estado teve ainda mais restrições na fase vermelha com a escalada da doença nas últimas semanas.

Em relação a Romeu Zema , governador de Minas Gerais e que integra seu partido, o ex-candidato disse que o alinhamento do mineiro com o governo de Bolsonaro tem relação com recursos para facilitar a governabilidade.

"Os mandatários do Novo têm liberdade para ter determinados posicionamentos. Ele adotou postura mais próxima ao Bolsonaro. Eu, como filiado, adoto postura bastante diversa, mas respeito a do Zema", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários