Governador da Bahia, Rui Costa (PT)
Reprodução/Facebook
Governador da Bahia, Rui Costa (PT)

Após avaliar endurecer medidas de restrição “para evitar o pior” , o governador da Bahia, Rui Costa (PT) , decretou na noite desta terça-feira (16) que o estado terá um toque de recolher entre às 22h e 5h em diversas regiões.

Serviços não essenciais e a circulação de pessoas serão proibidas durante esse período. O decreto passará a valer na próxima sexta (19). Apenas a região oeste do estado baiano, que apresenta índices de ocupação de leitos menores, não passará pela medida.

“É uma medida que precisamos tomar para conter as taxas de contágio e o número de casos ativos que hoje ultrapassam 15 mil. É uma forma de conter o avanço desse número alarmante que, se continuar crescendo, irá levar ao total colapso do sistema de saúde”, declarou Costa após se reunir com prefeitos e autoridades sanitárias do governo.

A decisão foi tomada devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) na Bahia, que nesta terça registrou uma ocupação de 74% dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19.

No mesmo dia, o governador baiano já comentava sobre a possibilidade de decretar a medida para “evitar ter cenas de homens e mulheres, idosos, jovens, adultos, clamando por um leito hospitalar, sem ter. Essa imagem não queremos e não ficarei passivo, mesmo contrariando opinião de alguns".

Nesta terça, 66 pessoas vieram a óbito em decorrência do vírus. Desde o início da pandemia, 10.864 pessoas morreram.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários