PGR abriu investigação sobre suposta responsabilização do governo federal na crise de saúde do Pará
Reprodução: iG Minas Gerais
PGR abriu investigação sobre suposta responsabilização do governo federal na crise de saúde do Pará

Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu uma investigação preliminar sobre a atuação do governo Jair Bolsonaro (sem partido) no enfrentamento da  crise de saúde no estado do Pará durante a pandemia da Covid-19.

A apuração foi aberta após o PCdoB acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito do colapso sanitário no estado. O partido pede que Bolsonaro e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sejam responsabilizados pelo agravamento da pandemia nos municípios do Pará.

Segundo o PCdoB, Bolsonaro e o Ministério da Saúde cometeram crime de prevaricação devido à postura “descompromissada em relação às políticas de combate ao novo coronavírus no âmbito do Sistema Único de Saúde”.

Você viu?

"Caso, eventualmente, surjam indícios razoáveis de possíveis práticas delitivas por parte dos noticiados, será requerida a instauração de inquérito nesse Supremo Tribunal Federal", diz o Procurador Geral da República Augusto Aras, no despacho.

Segunda investigação

O ministro Eduardo Pazuello já está sendo investigado, desde o último dia 29, no Supremo por suposta omissão no colapso de saúde do estado do Amazonas . Os elementos mostram que Pazuello foi avisado do iminente desabastecimento de oxigênio que, após consolidado, levou dezenas de pessoas a morte.

Pazuello já é investigado no STF por suposta omissão no combate ao coronavírus no Amazonas, uma vez que elementos apontaram que o ministro foi alertado do colapso no sistema com a falta de oxigênio que levou pessoas a morte. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários