Flávio saiu em defesa do pai nesta quarta-feira e acusou Maia de mentir sobre eleição na Câmara
Reprodução
Flávio saiu em defesa do pai nesta quarta-feira e acusou Maia de mentir sobre eleição na Câmara

Nesta quarta-feira (27), o senador Flávio Bolsonaro utilizou suas redes sociais para atacar Rodrigo Maia . Em postagens, ele chamou o deputado federal e presidente da Câmara de mentiroso e o acusou de tentar articular queda de Jair Bolsonaro.

"Rodrigo Maia mente! Tanto na bancada do Rio como dentro do DEM, dá Arthur Lira . Maia ferrou Davi Alcolumbre,está ferrando o DEM e tem gente da foto abaixo que ainda não entendeu que a relação que precisa ser construída é com o governo federal, e não com o ex-presidente da Câmara", disparou Flávio Bolsonaro em publicação no Twitter.

"Rodrigo Maia não pauta  impeachment de Bolsonaro pq não tem motivo, perderia no plenário e a população iria pra cima do Congresso! Então o “defensor da democracia” fica ligando para autoridades da cúpula de Brasília para articular a derrubada do presidente Bolsonaro! Que feio!", concluiu o filho do presidente .

Você viu?

A crítica de Flávio se deu após  declaração de Maia sobre possível divisão dentro do DEM e no estado do Rio na eleição para o próximo presidente da Câmara, na qual apoia o deputado Baleia Rossi, principal adversário de Lira, o "homem de Bolsonaro". Ao todo, a bancada do estado conta com 44 deputados .

"Têm alguns que não querem se expor, por essas pressões do governo. Tirando os votos do PSOL e do Novo, a eleição do Rio vai estar mais ou menos pau a pau. Tem três ou quatro indecisos. Acho que vai dar empate a eleição no Rio", disse Maia, em fala divulgada pelo jornal O Globo, após encontro com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e 16 deputados do estado.

Nos últimos dias, as "trocas de farpas" entre os dois lados da disputa têm se intensificado por conta da aproximação da votação na Câmara , que ocorre na próxima segunda-feira. Por se tratar de uma eleição com voto fechado, os candidatos temem possíveis "traições", algo que não é incomum mesmo após o posicionamento dos partidos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários