Disputa pela presidência da Câmara deve ficar entre Lira e Baleia Rossi. Solidariedade mudou de lado e apoiará o emedebisya
Agência Câmara
Disputa pela presidência da Câmara deve ficar entre Lira e Baleia Rossi. Solidariedade mudou de lado e apoiará o emedebisya

O Solidariedade anunciou nesta segunda-feira que apoiará a candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara dos Deputados. A legenda chegou a negociar e fechar uma acordo com Arthur Lira (PP-AL), deputado apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro . Porém, após nova rodada de conversas com Rodrigo Maia (DEM-RJ), aliado de Rossi, houve uma mudança de posição.

Em nota, o presidente do partido, Paulinho da Força (SP), diz que é indispensável montar uma frente de defesa à democracia, sem se submeter ao Executivo.

"O enfrentamento da maior crise sanitária e de um dos mais graves índices de desemprego na história do país devem ser enfrentados com soluções bem negociadas pelos poderes Executivo e Legislativo, sem subordinação de qualquer espécie", diz a trecho da nota.

O Solidariedade tem 14 deputados federais. A adesão ao bloco de Rossi, porém, não significa que o emedebista terá todos os votos da legenda. A votação é secreta e parte da bancada tem boa relação com Lira.

Você viu?

"O conjunto político-partidário formado em torno da candidatura e os compromissos assumidos por ele para esse equilíbrio e independência indispensáveis entre os poderes da República são as razões que fazem o SOLIDARIEDADE se empenhar também pela adesão de outras forças sociais e políticas no apoio à candidatura de Baleia Rossi à presidência da Câmara Federal", diz a carta assinada por Paulinho.

Até o momento, o bloco de Rossi conta com o apoio de DEM, MDB, PSDB, Cidadania, PSL, Solidariedade, PT, PSB, PDT, PCdoB, Rede e PV. Já Lira conquistou o apoio de PP, PSD, Republicanos, PL, PROS, PSC, Avante e Patriota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários