Ministro do STF Alexandre de MoraesMinistro do STF Alexandre de Moraes
undefined
Ministro do STF Alexandre de Moraes

O ministro do Supremo Tribunal Federal ( STF ), Alexandre de Moraes decidiu nesta terça-feira (15) que o inquérito que investiga uma suposta interferência política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal seja prorrogado por mais 90 dias.

A apuração tinha uma data final em 27 de janeiro, agora, ele só será encerrado em abril de 2021. Em novembro, Moraes já havia prorrogado o inquérito.

No despacho, o ministro alega que há necessidade de mais tempo devido ao recesso de final do ano:

"Considerando a necessidade de prosseguimento das investigações, a partir do encerramento do julgamento do agravo regimental iniciado pelo Plenário em 08/10/2020, bem como a proximidade do recesso, (...) prorrogo por mais 90 (noventa) dias, contados a partir do encerramento do prazo final anterior (27 de janeiro), o presente inquérito".

Na segunda-feira da semana passada, Alexandre de Moraes declarou que Bolsonaro não pode se negar a depor neste inquérito, e que o colegiado do STF deverá decidr a forma que será feito o depoimento, seja de forma presencial ou escrita.

O inquérito em que o presidente é investigado surgiu após o ex-ministro da justiça Sérgio Moro declarar após sua saída do governo que um dos motivos do seu pedido de demissão ter sido a tentativa de interferência de Jair Bolsonaro no comando da Polícia Federal.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários