Ex-presidente Evo Morales
Reprodução/Twitter @evoespueblo
Ex-presidente Evo Morales

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales , foi agredido com 'cadeiradas' em uma reunião do Movimento Al Socialismo ( MAS ), partido político no qual ele faz parte nesta segunda-feira (14) na cidade de Cochabamba.

O encontro, aberto ao público, tratava sobre as eleições regionais que ocorrerão no país em 2021 . Segundo a imprensa boliviana, discordâncias entre escolhas de candidato são um dos motivos pelo desentendimento no evento.

Confira o momento em que Evo é atingido em meio à vaias:



Gritos de "fora" e "renovação" foram ouvidos. Morales estava no centro da mesa, e foi protegido por alguns homens que ficaram a sua frente para que ele não fosse atingido.

Pelas redes sociais, o ex-presidente do país que ficou exilado por quase um ano até poder voltar a Bolívia em novembro, culpou a " direita golpista " pelo  ato, "enviando infiltrados para gerar violência em nossos membros, cujo objetivo é a eleição democrática e pública de nossos candidatos às eleições subnacionais".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários