presidente do TSE
Nelson Jr./SCO/STF
O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, durante sessão da 1ª turma do STF (Superior Tribunal Federal)

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso , disse que, em comparação com as eleições anteriores, houve uma redução na circulação e compartilhamento de notícias falsas nas eleições deste ano. As informações são do UOL .

Apesar de sua fala, o ministro disse que ainda faltam dois dias para a votação e que só seria "comemorar" após o fim do processo eleitoral. "Nós temos uma grande campanha contra fake news, contra as notícias fraudulentas, que nós achamos que estamos ganhando até aqui. Mas a gente só comemora o gol depois que a bola bateu na rede e o juiz aponta para o meio de campo", disse Barroso.

"Ainda temos dois dias até as eleições. Mas talvez nos últimos tempos essa tenha sido a eleição com menor incidência de notícias fraudulentas", afirmou o ministro.

Medidas de combate às notícias falsas 

O primeiro turno das eleições municipais será realizado neste domingo (15) em todo o território nacional. E, para o dia 29 de novembro, está marcado o segundo turno. Nessas eleições, os brasileiros deverão votar para esocolher os prefeitos e vereadores.

De acordo com o portal, o TSE firmou parcerias com as principais redes sociais e aplicativos de mensagem na tentativa de reduzir a disseminação de notícias falsas. Só no WhatsApp, já foi feito o banimento de 256 contas suspeitas de realizar disparos em massa pelo aplicativo.

Também foram feitas parcerias com agências de checagem e empresas de jornalismo para desmentir boatos e esclarecer a população sobre notícias falsas em circulação.

    Leia tudo sobre: notícias

    Veja Também

      Mostrar mais