Crise de energia no Amapá, apagão em Macapá
Rudja Santos/Amazônia Real
Crise de energia no Amapá, apagão em Macapá

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) decidiu nesta sexta-feira (13) que as eleições municipais no Macapá serão no dia 13 de dezembro. A Corte definiu, ainda, que o 2º turno será no dia 27, data limite que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia determinado para que o pleito fosse realizado.

A decisão foi encaminhada ao TSE para homologação, regulamentação e definição do novo calendário eleitoral e demais providências necessárias à realização da eleição.

presidente do TRE-AP, desembargador Rommel Araújo, disse em entrevista coletiva nesta quinta-feira (12) que a decisão de adiar as eleições municipais no Macapá, capital do estado, foram para evitar um "risco concreto ao eleitor" durante a pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

"Esse é um risco que não posso deixar as pessoas passarem. Há 192 mil eleitores no Macapá. Essas pessoas precisam que a democracia seja exercida de forma serena, tranquila e segura", afirmou Araújo.

Questionado se a decisão de adiar o pleito não poderia ser configurada como uma decisão política por haver a possibilidade de alguns candidatos serem beneficiados, o presidente do tribunal disse que "pensar dessa forma seria considerar que o Ministério Público Eleitoral, um órgão respeitado, também teria tomado uma decisão política".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários