Mourão comentou declaração polêmica do presidente Bolsonaro.
Alan Santos/Presidência da República
Mourão comentou declaração polêmica do presidente Bolsonaro.

Nesta quarta-feira (11), o vice-presidente Hamilton Mourão disse que Bolsonaro, ao falar sobre o uso de pólvora quando a diplomacia não é suficiente , “se referiu a aforismo antigo”. As informações foram dadas pelo jornal o Estado de S. Paulo.

Ontem (10), durante um evento no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro fez referência a possíveis sanções econômicas que os Estados Unidos poderiam aplicar contra o Brasil caso a Amazônia não seja preservada .

“E como é que podemos fazer frente a tudo isso? Apenas na diplomacia não dá, não é, Ernesto [Araújo]? Quando acaba a saliva, tem que ter pólvora , senão não funciona”, declarou o presidente, citando também o ministro das Relações Exteriores.

"Acho que ele se referiu a um aforismo antigo que diz que, quando acaba a diplomacia, entram os canhões, foi isso que ele se referiu", comentou Mourão na chegada à Vice-Presidência no Palácio do Planalto. 

Bolsonaro é um dos poucos líderes mundiais que ainda não parabenizou Joe Biden , o presidente eleito dos Estados Unidos . Questionado se esse fato e a menção à “pólvora” contra os EUA podem impactar a relação diplomática entre os governos brasileiro e estadunidense, Mourão disse que "não causa nada. Isso aí tudo é figura de retórica".

"Vamos aguardar, dê tempo ao tempo", complementou o vice-presidente brasileiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários