Alexandre Kalil (PSD)
Reprodução: iG Minas Gerais
Alexandre Kalil (PSD)

Em pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta (11) para a prefeitura de Belo Horizonte , o atual mandatário Alexandre Kalil (PSD) segue com a dianteira , com 63% das intenções de votos, apesar de ter perdido dois pontos em relação a pesquisa anterior.

João Vitor Xavier (Cidadania) subiu um ponto percentual em relação a última pesquisa, ficando em 8%, Áurea Carolina (PSOL) tem 6%, e Bruno Engler (PRTB), apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, ficou estacionado em 4%.

Confira os resultados da pesquisa:

  • Alexandre Kalil (PSD): 63%
  • João Vitor Xavier (Cidadania): 8%
  • Áurea Carolina (Psol): 6%
  • Bruno Engler (PRTB): 4%
  • Nilmário Miranda (PT): 2%
  • Rodrigo Paiva (Novo): 2%
  • Luisa Barreto (PSDB): 1%
  • Professor Wendel (Solidariedade): 1%
  • Lafayette Andrada (Republicanos): 1%
  • Marília Domingues (PCO): 1%

Marcelo Souza e Silva (Patriota), Cabo Xavier (PMB), Wadson Ribeiro (PCdoB) e Wanderson Rocha (PSTU) não pontuaram. Fabiano Careca (Pros) não foi citado.

Votos em branco e nulo registraram 6%, indecisos são 4%.

Rejeição

A pesquisa também questionou eleitores em quem eles não votariam de jeito nenhum. Alexandre Kalil , que lidera as pesquisas, é apenas o 13º mais citado nesse quesito. Confira:

  • Nilmário Miranda (PT) – 32%
  • João Vitor Xavier (Cidadania) – 26%
  • Cabo Xavier (PMB) - 23%
  • Lafayette Andrada (Republicanos) – 22%
  • Bruno Engler (PRTB) – 17%
  • Rodrigo Paiva (Novo) – 17%
  • Luisa Barreto (PSDB) – 17%
  • Áurea Carolina (Psol) – 16%
  • Marília Domingues (PCO) - 15%
  • Fabiano Cazeca (Pros) – 14%
  • Marcelo Souza e Silva (Patriota) - 14%
  • Kalil (PSD) – 14%
  • Professor Wendel (Solidariedade) – 13%
  • Wanderson Rocha (PSTU) – 13%
  • Wadson Ribeiro (PCdoB) – 12%

Como Alexandre Kalil (PSD) tem mais de 50% das intenções de votos, não foram feitas simulações de segundo turno, já que provavelmente, o atual prefeito de Belo Horizonte tende a ser reeleito ainda em primeiro turno.

A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 10 de novembro. 1036 eleitores foram ouvidos, e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

    Veja Também

      Mostrar mais