Flávio Bolsonaro, Queiroz e outros 15 foram denunciados por esquema de rachadinha.
Marcos Oliveira/Agência Senado
Flávio Bolsonaro, Queiroz e outros 15 foram denunciados por esquema de rachadinha.

Na noite da última terça-feira (3),  o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) informou que denunciou à Justiça o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) por organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro. Nesta quarta-feira (4), a mídia internacional repercute o fato. As informações foram dadas pelo portal Terra .

Flávio Bolsonaro é acusado no âmbito da investigação das “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), na época em que ele era deputado. O ex-assessor Fabrício Queiroz  também foi denunciado.

O Financial Times diz que o caso é um “constrangimento” para a imagem de Jair Bolsonaro.

A Bloomberg classifica a denúncia como “mais uma dor de cabeça jurídica” para o presidente brasileiro, que se elegeu com uma “forte plataforma anti-corrupção em 2018”.

O The Guardian afirma que a reputação de “forasteiro da política e cruzadista anticorrupção que tiraria o Brasil da lama" sustentada por Bolsonaro tem se desfeito em decorrência das suspeitas envolvendo não apenas o filho Flávio Bolsonaro, como também Carlos e Eduardo.

Para o Wall Street Journal, “o caso aumentou a tensão política no Brasil, colocando a família Bolsonaro contra o Judiciário e a mídia”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários