Flávio Bolsonaro
Marcos Oliveira/Agência Senado
Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) é acusado de praticar rachadinha na Alerj

senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) divulgou uma nota nesta quarta-feira (4) alegando que a denúncia realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), sobre o esquema de rachadinhas , não tem provas e seria uma "crônica macabra". As informações são do portal Uol.

O MP-RJ fez a denúncia contra o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta terça-feira (3).

As acusações são por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa no Caso Queiroz , que investiga o retorno dos salários dos funcionários do antigo gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro ( Alerj ) para o então deputado.

"A denúncia já era esperada, mas não se sustenta. Dentre vícios processuais e erros de narrativa e matemáticos, a tese acusatória forjada contra o Senador Bolsonaro se mostra inviável, porque desprovida de qualquer indício de prova. Não passa de uma crônica macabra e mal engendrada. Acreditamos que sequer será recebida pelo Órgão Especial. Todos os defeitos de forma e de fundo da denúncia serão pontuados e rebatidos em documento próprio, a ser protocolizado tão logo a defesa seja notificada para tanto", diz a nota emitida por Flávio Bolsonaro.

Nas redes sociais, Flávio Bolsonaro voltou a dizer que não cometeu nenhuma ilegalidade e que uma série de "erros bizarros" às vésperas das eleições municipais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários