Presidente Jair Bolsonaro volta a defender o armamento no Brasil
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro volta a defender o armamento no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre a liberação de armas no Brasil em sua conta oficial no Twitter. Na manhã desta segunda-feira (2), Bolsonaro republicou uma reportagem da revista Veja sobre ações do vereador Carlos Bolsonaro para barrar o controle de armas no País, e afirmou: "povo armado jamais será escravizado".

Na mesma publicação, Bolsonaro elogiou o posicionamento do filho, exposto pela matéria, e reforçou que "se a Veja pretendia atingir negativamente o vereador Carlos Bolsonaro, acabou dando mais um tiro no próprio pé", destacando que "muitos trabalham e ainda se empenham para se evitar o desarmamento nos moldes de outros governos".

Desde que tomou posse, em 2019, Bolsonaro já editou decretos e tenta flexibilizar o acesso a armamentos e munições pela população brasileira. De acordo com a reportagem republicada por ele, o filho Carlos Bolsonaro chegou a participar de reuniões oficiais para se contrapor ao controle de armas e munições no país, ainda que possua atribuições específicas para isso enquanto ocupa o cargo de vereador.

No ano passado, 41.179 assassinatos por arma de fogo ocorreram no Brasil, de acordo com dados divulgados pelo Atlas da Violência, em estudo Ipea e Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários