Presidente Trump
MANDEL NGAN /GETTY IMAGES
Presidente Trump

As eleições nos Estados Unidos seguem respingando no Brasil e uma possível derrota de Donald Trump pode trazer uma mudança de postura.

Integrantes do governo Bolsonaro , que acompanham atentamente os últimos passos da campanha eleitoral americana, já alertam Jair Bolsonaro que, se houver uma virada na política dos EUA - com a derrota do atual presidente -, seria necessário o governo brasileiro adotar uma "mudança de discurso" em diferentes temas, principalmente a agenda ambiental. As informações são do Blog de Andréia Sadi. 

O temor é que, caso Joe Biden  vença, a política do ministro Ricardo Salles ficará ainda mais questionada e pressionada, enfraquecendo um dos pilares da agenda da ala ideológica bolsonarista.

Integrantes do núcleo duro do governo também avaliaram que a saída de Trump representaria um duro golpe à ala ideológica do governo brasileiro, incluindo os filhos do presidente, que já demonstraram apoio público ao atual presidente americano.

Por isso, enquanto aguardam as eleições, integrantes do Itamaraty já teriam sido aconselhados a diminuir o tom e buscar diálogo com representantes da campanha de Biden. Porém, mesmo com toda a preocupação com uma derrota, a aposta da maioria ainda é na vitória de Trump.

Recentemente, o vice-presidente, Hamilton Mourão foi questionado sobre como o resultado nos EUA influenciara o Brasil. Para ele, porém, independentemente de quem vencer, a “relação de Estado para Estado não irá mudar”. Questionado a respeito do apoio público da família do presidente Bolsonaro a Trump, Mourão disse que o “que existe é um relacionamento pessoal de Bolsonaro com Trump, mas relação de Estado é relação de Estado”.

    Leia tudo sobre: Donald Trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários