Carlos Moíses, Governador afastado de SC
Reprodução
Carlos Moíses, Governador afastado de SC

Carlos Moisés (PSL)  recebeu na manhã desta segunda (26) uma intimação de oficiais do tribunal de justiça que o afasta do cargo de Governador de Santa Catarina por até 180 dias, até o julgamento final.

Carlos Moisés sofre processo de impeachment após suspeitas de crime de responsabilidade ao ter dado aumento salarial aos procuradores do estado e equipará-los ao dos procuradores da Assembleia Legislativa.

A vice-governadora do estado, Daniela Reihner (sem partido), assume provisoriamente o cargo até a decisão final. Ela chegou a ser denunciada mas foi absolvida nesse processo.

O julgamento ocorreu na noite de sexta (23) e perdurou até a madrugada, quando o Tribunal decidiu pela suspensão do político do PSL no exercício de suas funções, que terá seu salário reduzido em um terço até a sentença final. O afastamento e a nomeação de Daniela como governadora ocorreá na próxima terça (27).

O agora ex governador é alvo de outro processo de impeachment, que investiga a compra de 200 respiradores comprados por R$ 33 milhões para aumentar a capacidade hospitalar no hospital durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Contudo, suspeitas de irregularidades sobre a compra, com valores superfaturados, com atraso, sendo modelos inferiores aos prometidos são investigados e ainda serão julgados.


    Leia tudo sobre: Impeachment

    Veja Também

      Mostrar mais