Sérgio Camargo
Fundação Palmares/Divulgação
Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo , defendeu a deputada federal  Bia Kicis  (PSL-DF) que está recebendo crítiacs após uma montagem com Sérgio Moro e Luiz Henrique Mandetta pintados de negro.

O "meme" teria sugerido que os dois ex-ministros podem se candidatar a uma vaga de emprego na rede Magazine Luiza , que realiza um programa de trainee apenas para negros .

"A extrema-imprensa reagiu a essa postagem de Bia Kicis , um ótimo meme, tachando-a de racista . Mas aplaude o racismo escancarado do programa da Magazine Luiza, exclusivo para pretos. É hipocrisia! Não se importa com o racismo mas o usa como arma política para difamar adversários", disse Camargo em sua conta oficial do Twitter.

Mandetta respondeu Bia Kicis chamando-a de "racista nauseabunda, chula, pequena, inútil,  abjeta", e afirmou que lamenta ver uma parlamentar realizar esse tipo de provocação.

No momento, Bia Kicis é investigada no inquérito que apura atos antidemocráticos. O processo foi aberto após manifestações a favor da volta da ditadura militar e da intervenção das Forças Armadas. 

    Veja Também

      Mostrar mais