Filipe Sabará é candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Novo
Divulgação
Filipe Sabará é candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Novo

O candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Novo, Filipe Sabará , nunca esteve matriculado no curso de pós-gradução para Gerente de Cidade da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), conforme constava em um material do partido que agora já foi tirado do ar. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de São Paulo e confirmada pelo portal iG ao entrar em contato com a assessoria de imprensa da FAAP.

De acordo com a instituição, o candidato apenas cursou um semestre do curso de Relações Internacionais, em 2003. Desde essa época, ele não teve nenhum vínculo com a universidade.

Na noite desta quarta-feira (23),  Sabará teve sua candidatura suspensa pelo Novo em razão da aproximação dele com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).  Ele se defende dizendo que é perseguido por João Amoêdo, fundador do Novo, e uma "ala esquerdista" do partido.

Um dia antes, o candidato disse em entrevista ao vivo ao iG que a agenda de seu governo é alinhada com o ministro Paulo Guedes , que comanda a pasta da Economia, e recusou o rótulo de que faria parte de uma "direita radical".

Recentemente Sabará também se envolveu em uma polêmica depois de ele ter elogiado Paulo Maluf e dizer que ele foi o melhor prefeito que São Paulo já teve. A declaração causou mal-estar dentro do Novo, o que fez ele pedir desculpas.

    Veja Também

      Mostrar mais