Helena Witzel ao lado do marido, Wilson Witzel
Domingos Peixoto / Agência O Globo
Helena Witzel ao lado do marido, Wilson Witzel

A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou denúncia contra o  governador afastado do Rio Wilson Witzel e sua mulher Helena Witzel sob acusação de corrupção em contratos da saúde. A denúncia foi encaminhada nesta sexta-feira (28) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em conjunto com o cumprimento de nova operação contra Witzel que o afastou do cargo.

Na denúncia, a PGR aponta que o empresário Mário Peixoto , envolvido em suspeitas de desvios em contratos na área de saúde, fez pagamentos para o escritório de advocacia de Helena Witzel.

Além de Witzel e Helena , também foram alvos da denúncia o secretário Lucas Tristão, o empresário Mário Peixoto, o empresário Alessandro Duarte, Cassiano Luiz, Juan Elias Neves de Paula, João Marcos Borges Mattos e Gothardo Lopes Netto.

Segundo a PGR, o grupo tinha uma " caixinha de propina " abastecida por organizações sociais e empresas que tinham contratos na área da saúde. "Agentes políticos e servidores públicos da Secretaria de Saúde do Etado do Rio de Janeiro eram ilictamente pagos de maneira mensal pela organização criminosa", afirmou a PGR, em nota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários