Pedro Melo
Reprodução / Instagram
Pedro Melo é advogado e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Cidadania

O pré-candidato a vereador de São Paulo, Pedro Melo (Cidadania), teve fotos e vídeos íntimos vazados nas redes sociais e em grupos de Whatsapp. O advogado aparece nas imagens em frente ao espelho com a frase "vote em mim" escrita na cor branca, e o órgão genital foi substituído pela letra "i", enquanto o vídeo é de um momento íntimo de Pedro sozinho.

Questionado sobre a interferência desse material nas eleições deste ano, o pré-candidato a vereador disse que acredita que não seja um empecilho.Ao mesmo tempo, ele diz que repudia o que fizeram, por encarar como uma tentativa de intimidação.

"Esse material que vazou, eu já tinha conhecimento. Aconteceu em 2016. Na época eu era solteiro e eu sei exatamente para quem eu mandei. Isso acabou na época viralizando. Isso aconteceu algumas vezes: em 2016, 2017 e acho que em 2018 também. Eu imaginei que isso poderia acontecer. Infelizmente, aconteceu, para mim, de forma imprevista porque a repercussão foi imediata e muito grande. Nesse sentindo, isso me assustou", explicou durante uma entrevista para Fabia Oliveira do portal O Dia.

Bandeiras eleitorais

O pré-candidato pelo Cidadania tem como principais bandeiras as causas LGBT, urbanismo, economia e cultura.

"Eu sou gay, sofri preconceito, sofro. Sofri bullying quando era pequeno e sofro preconceito dentro da minha própria família. Reconheço que sou privilegiado socialmente, mas isso não diminui a minha luta nem o meu espaço no movimento LGBT. Acho que toda luta é válida e temos que prestigiar todo mundo que luta pela causa". 

    Veja Também

      Mostrar mais