A americana Melissa McBurnie, de 57 anos, foi presa em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, por ter respondido com "palavras fortes" a um e-mail em que um homem casado lhe encaminhou nudes  não solicitadas. Sob a acusação de calúnia, Melissa foi detida.

A moradora de Brentwood, localizado na Califórnia, EUA, pediu que o homem parasse de enviar fotos íntimas. O egípcio que emitiu as imagens apresentou o conteúdo das mensagens enviadas por ela às autoridades, que prenderam Melissa. 

"Ela está passando por um dos piores pesadelos que uma pessoa pode sofrer na internet nos últimos quatro anos.  Ela foi inundada com mensagens abusivas de natureza extremamente sexual . Melissa está sendo processada nos Emirados Árabes Unidos por violações de  crimes cibernéticos , simplesmente porque ela usou uma linguagem forte contra seu agressor", completou Radha Stirling, executiva do Detained in Dubai.

Leia também: Família perde tudo após temporal que atingiu Rio na sexta de carnaval

O Detained in Dubai também disse que Melissa foi assessora do ator Rob Lowe, teve um envolvimento amoroso com o egípcio que a denunciou. A americana teria decidido por fim ao relacionamento, mas o ex-companheiro não aceitou. 

Caso Melissa seja condenada, ela poderá pegar até dois anos de prisão. A norte-americana foi solta após pagamento de fiança, mas é impedida de sair do país. 

"Eu só espero que as autoridades possam ver o que está acontecendo. Eu sou a parte inocente de tudo isso e elas precisam me dar proteção", disse a americana ao jornal Daily Mail.

Melissa está nos Emirados Árabes Unidos desde novembro, com visto de turista . A audiência que vai julgar seu processo está marcada para o mês de maio. 

    Veja Também

      Mostrar mais