Senador Flávio Bolsonaro
Pedro França/Agência Senado
Senador Flávio Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) afirmou que a nova postura de “distensionamento” adotada pelo presidente Jair Bolsonaro, seu pai, será permanente. Ao GLOBO, Flávio disse que Bolsonaro evitará atritos com outros poderes mesmo quando sair da reclusão imposta por causa da contaminação pelo novo coronavírus.

"Essa postura de distensionamento não vai ser provisória. Vai ser permanente. Eu não confio muito em pesquisas, mas essa subida na imagem do governo em levantamentos recentes é efeito do distensionamento. O presidente está consciente de que isso é importante e quer manter um diálogo aberto com todos. Menos atritos com o STF, com o Legislativo... Rusgas são muito ruins. Ninguém quer uma ruptura", afirmou o senador.

Nos últimos meses, o governo tem se mostrado flexível na entrega de cargos para o Centrão. Nesta segunda, Davidson Tolentino, um membro próximo do presidente do PP, Ciro Nogueira, foi nomeado para um cargo na Codevasf , sendo a indicação mais recente da aliança de Jair Bolsonaro com o Centrão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários