homem com aparencia séria segurando papel na mão e de terno e gravata
Roque de Sá/Agência Senado
José Serra (PSDB-SP)

Agentes da Polícia Federal cumprem na manhã desta terça-feira (21) mandados em uma investigação sobre suposto caixa 2 na campanha de José Serra (PSDB-SP) ao Senado em 2014 . De acordo com as investigações,  o senador teria recebido R$ 5 milhões em doações não contabilizadas.

No total, são cumpridos quatro mandados de prisão temporária e a 15 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Brasília, Itatiba e Itu. As apurações se restringem a fatos de 2014, quando o tucano ainda não tinha se elegido senador. Um dos mandados de prisão, de acordo com a Rede Globo,  é contra o empresário José Seripieri Júnior, fundador e ex-presidente da Qualicorp.


No início do mês,  a força-tarefa da Lava-Jato em São Paulo acusou formalmente Serra e a sua filha, Verônica, de lavagem de dinheiro e apresentou denúncia à Justiça contra eles. Paralelamente, a Polícia Federal deflagrou operações de busca e apreensão em endereços relacionados ao ex-governador de São Paulo. A casa do tucano foi um dos alvos. Em nota divulgada na época, o senador disse que a operação causou "estranheza e indignação".

    Veja Também

      Mostrar mais