senado
WALDEMIR BARRETO/AGÊNCIA SENADO/DIVULGAÇÃO
Luís Roberto Barroso (E), presidente do TSE, ao lado do relator do projeto no Senado, Weverton Rocha (D)


O adiamento das eleições municipais (para prefeitos e vereadores) em 2020 foi aprovado , nesta quarta-feira (23) em primeiro turno, pelo Senado Federal  por 67 votos a oito. A  proposta ainda precisa passar por uma nova votação , que exige a aprovação de pelo menos 49 senadores. 

Leia também:

A versão final da proposta de emenda à Constituição (PEC) define que as eleições devam ser realizadas nos  dias 15 e 29 de novembro , devido à pandemia do coronavírus. As datas ainda podem ser mudadas. O relator da PEC, senador Weverton Rocha (PDT-MA), entregou o relatório na manhã de hoje (23). 

De forma oficial, o calendário tradicional estabelece o primeiro e o segundo turnos, respectivamente, nos dias 4 e 25 de outubro. Mas o novo texto  adiou ainda  as convenções partidárias para definição de candidatos para as datas entre 31 de agosto e 17 de setembro.

    Veja Também

      Mostrar mais