Presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia
Agência Brasil
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira (2) que os Projetos de Lei que desejam identificar como terroristas os grupos antifascistas são um absurdo. Maia defende que os projetos não seja votados pela Câmara.

Leia também: Bolsonaro diz que Maia conspira contra o governo e cobra respeito

"Você acha que merece resposta, um projeto tão absurdo como esse? Um projeto como esse não merece resposta. Não vamos perder tempo com um projeto como esse", afirmou Maia .

Nesta segunda-feira (1º), dois deputados federais bolsonaristas, Daniel Silveira (PSL-RJ) e Hélio Lopes (PSL-RJ), protocolaram Projetos de Lei para tipificar grupos antifascistas como terroristas

Os projetos foram enviados no dia seguinte às  manifestações realizada por grupos de torcedores antifascistas contra Bolsonaro e a favor da democracia.

Leia também: Responsável por abrir processo, Maia evita fazer juízo prévio sobre impeachment

Maia , que como presidente da Câmara define quais debates serão feitos pela instituição, não deve colocar os projetos em pauta.


    Veja Também

      Mostrar mais