Nesta quarta-feira (03), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não pode resolver o isolmento adotado pelos governadores para conter o avanço do novo coronavírus (Sars-coV-2).

Leia também: São Paulo ultrapassa os 70 mil casos de Covid-19 no estado

Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro

Leia também: Pandemia de Covid-19 está desacelerando em São Paulo, diz secretário

Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro  declarou que não pode “resolver tudo sozinho” e que o país só não está em crise graças ao auxílio emergencial de R$ 600 reais concedido pelo governo.

Leia também: Vacina de Oxford contra Covid-19 será testada no Brasil

Em meio a apelos para interferir na decisão dos governadores - que em maioria optaram pelo isolamento -, Bolsonaro aconselhou que os eleitorem votem melhor nas próximas eleições. O Brasil já ultrapassou a margem de 30 mil mortos pela Covid-19 , infectados somam mais de 500 mil.

    Veja Também

      Mostrar mais