Nesta terça-feira (19), Marcos Pontes , ministro da Ciência, Tecnologia, Inteligência e Comunicação realizou uma entrevista coletiva para anunciar que o governo federal investiu R$ 358,2 milhões na pasta para o combate ao novo coronavírus (Sars-coV-2). 

Leia também: Governo investe R$ 358 milhões em ciência para combater Covid-19

Marcos Pontes em coletiva de imprensa
reprodução / TV Brasil
Marcos Pontes em coletiva de imprensa

Durante o evento, Marcos Pontes  aproveitou para detalhar em que pé está o desenvolvimento do teste para Covid-19 que tem auxílio de uma unidade de inteligência artifical. A intenção do projeto é agilizar os diagnósticos e suprir a falta do apetrecho no País. 

Leia também: Laboratório diz ter descoberto anticorpo contra Covid-19 e vê ações subirem 170%

Você viu?

A última vez que o ministro falou sobre o assunto, ele afirmou que o teste estava em caminho de sua conclusão: "Só falta calibrar as máquinas". Todavia, questionado por jornalistas, ele justificou o motivo de o projeto não estar ação.  

"Fizeram muitos testes para calibração das máquinas, nós mesmos do Ministério fornencemos mais de 6 mil testes para eles (cientistas). Os resultados são bons na detecção do postivio, com uma presição muito grande. Já na parte do negativo, muitos dos testes acabam aparecendo com outros vírus - como influenza - e a inteligência artificial ainda fica confusa com isso", explicou ele. 

"Essas máquinas já estão no país, são mais de 300, então no momento que eles terminarem essa calibragem da inteligência artificial, isso vai colocar à disposição do sistema de saúde um equipamente que, diga-se de passagem, não é só para a Covid-19 , ele vai funcionar para vários outros ciclos de virais", continuou.

Leia também: Covid-19: 1 milhão de pessoas no mundo todo estão curadas

Marcos Pontes também afirmou que os pesquisadores já procuram uma maneira para testar pessoas contaminadas pela Covid-19  - no tempo de três minutos - a partir da saliva. "É difícil mensurar um tempo para que fique pronto, esperava que já estivesse, mas está quase, estamos chegando lá", finalizou ele.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários