Major Olímpio
Pedro França/Agência Senado - 23.4.19
Major Olímpio

O filho do presidente e vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos) e o senador Major Olímpio (PSL-SP) trocaram farpas nas redes sociais nesta terça-feira (28). Após alguns tuítes de Carlos contra o senador, Major Olímpio afirmou que “seu problema é psiquiátrico e daí o desespero de seu pai com relação a você” e que “não tenho medo de investigação. Lamento se você ou os seus têm”.

Leia também: MPF investiga interferência política de Bolsonaro no Exército

Carlos acusou o senador, que já foi aliado do presidente, de ter chorado “literalmente no hospital para o esfaqueado Bolsonaro gravar vídeos para sua eleição. De 4° nas pesquisas, chegou em 1° em SP”, insinuado que o Major Olímpio teria sido oportunista. Ele também criticou ações do senador, como seu voto favorável à CPMI das Fake News – chamada de “CPI da censura” pelo vereador.

Major Olímpio rebateu afirmando que “não mudei nenhum item dos compromissos de campanha. Não trai e nunca trairei os princípios que elegeram Bolsonaro e me elegeram também, e não vou compactuar com criminosos, sejam eles quem forem”. 

Leia também: DEM, PSD e Republicanos já fecharam com Bolsonaro

O senador alega que realmente chorou no hospital, mas devido ao estado de saúde de Jair Bolsonaro, que havia sido esfaqueado em 2018, durante sua campanha eleitoral. Major Olímpio também se defende afirmando que assinou a CPMI das Fake News para “pegar todas quadrilhas existentes que se utilizam de notícias falsas para destruir reputações, inclusive contra seu Pai, bem como as absurdas que querem até me colocar como aliado do Doria”.

Carlos Bolsonaro afirmou também que o senador estava se aliando com membros da oposição, como Álvaro Dias (Podemos-PR). “A nova esquerda vem se formando sob o manto de seu mais novo amigo, ex-ministro e deputados chamados de traíras. Amigos, o desenho está escancarado”.

Leia também: Maia diz que denúncias de Moro serão investigadas, mas não fala em impeachment

Vejo os tuítes de Major Olímpio e Carlos Bolsonaro:


    Veja Também

      Mostrar mais