Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro

As primeiras informações de bastidores do Palácio indicam que dão resultados,  aos poucos, as conversas do presidente Jair Bolsonaro com partidos do chamado Centrão para ele estancar a sangria que poderia resultar num impeachment,  na Câmara dos Deputados,  diante de uma base por ora esfacelada.

PSD, Republicanos e até o DEM do deputado Rodrigo Maia,  presidente da Casa e hoje adversário figadal de Bolsonaro, já teriam fechado com o Governo.

A contrapartida é excelente na Esplanada. Gilberto Kassab, do DEM, pode levar o Ministério da Agricultura. Ao Republicanos – da bancada evangélica já apoiadora- foi oferecido todo o segundo escalão do ministério da Saúde .

O DEM entrou na costura numa equação ministerial improvável até agora, mad que ganha força. O ex-deputado federal Alberto Fraga, amigo de Bolsonaro,  aliado de primeira hora e da bancada da bala, deve ser o Ministro da Segurança Pública. 

O Palácio pensa em recriar a pasta com a saída de Sérgio Moro da Justiça,  para atender a forte Frente Parlamentar da Segurança Pública. 

As próximas semanas mostrarão se o que está tratado entre portas vai se concretizar.  Conforme publicamos hoje, https://ultimosegundo.ig.com.br/colunas/esplanada/2020-04-27/bolsonaro-tenta-fechar-com-centrao-para-evitar-impeachment.html, o Presidente conversou com quatro partidos do Centrão.

    Veja Também

      Mostrar mais