Na manhã desta quarta-feira (15), o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, pediu demissão. A informação foi divulgada em nota oficial do ministério.

Leia também: Covid-19: Espanha tem nova queda de mortes diárias e aumento no número de testes

Wanderson de Oliveira arrow-options
Reprodução Globo
Wanderson de Oliveira

Leia também: Casos confirmados da Covid-19 chegam a 2 milhões no mundo; mortos são 130 mil

A saída do secretário acontece em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2). O executivo vinha sendo uma das autoridades do ministério que mais participavam de entrevistas e ações da pasta sobre combate à Covid-19 .

Leia também: Em isolamento vertical, Turquia atinge marca de 5 mil casos de Covid-19 por dia

Wanderson, assim como o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta , defende o isolamento social como medida para conter o avanço da Covid-19 .

    Veja Também

      Mostrar mais