Ex-assessor
Gabriel de Paiva / Agência O Globo
Waldir Ferraz conheceu Bolsonaro no Exército

Um áudio enviado por Waldir Ferraz, ex-assessor e amigo de longa data de Jair Bolsonaro, a um interlocutor na Esplanada dos Ministérios no último dia 13 de janeiro foi divulgado neste sábado (7) pelo blog do jornalista Guilherme Amado. Na mensagem, ele diz que o presidente "gosta de bandidos" e que "todos são bem acolhidos".

Leia também: Político não deve ter medo de manifestação de rua, diz Bolsonaro

"Só tem canalha mesmo. Os melhores são os que apareceram agora. E na verdade, o Bolsonaro gosta de bandido. Todos os bandidos são bem acolhidos. Como não sou, vou ficar de fora, mas não tem problema, não. São trinta anos jogados no lixo. Mas ninguém sai ganhando nesse mundo", diz Waldir em trecho da gravação.

Ainda de acordo com a publicação, Ferraz confirmou o teor do áudio, mas ressaltou que não quis dar conotação criminal a palavra bandido e que o presidente está cercado por "um bando de puxa-sacos que só quer concordar com ele".

Leia também: Caloura é pintada de preto e vestida como garçonete em trote na UFRJ

"Essa forma de vagabundo, bandido, a gente usa entre si. Não tem outra conotação. Isso é brincadeira entre a gente. Eu chamo as pessoas de vagabundo. Não é pejorativo, é o jeito de falar", finalizou.

    Veja Também

      Mostrar mais