Jorge Kajuru
Jefferson Rudy/Agência Senado
Jorge Kajuru (Cidadania-GO) usou o plenário do Senado e disse que o presidente Davi Alcolumbre não gosta de trabalhar


Depois de subir à tribuna do Senado e afirmar que o presidente da casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP) demonstra não gostar de trabalhar, o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) pode ser denunciado ao Conselho de Ética e Decoro. Aliados de Alcolumbre estão elaborando uma representação contra o parlamentar.

Leia também: MDB deve apoiar vetos de Bolsonaro ao orçamento e pressionar Alcolumbre

O discurso de Kajuru aconteceu na última quinta-feira (27), data que o parlamentar acreditava como ser a de retorno aos trabalhos após o carnaval. Ao ver o plenário vazio e ouvir de que a sessão estava cancelada, o senador disparou contra o presidente.

“Quer dizer que eu dancei, vou ficar aqui em Brasilia… o nosso presidente Davi Alcolumbre , uma coisa que ele não gosta realmente é de trabalho. Desculpe falar isso, mas é o meu jeito”.

Leia também: Alcolumbre anuncia acordo para manter vetos após Bolsonaro enviar projetos

Não é a primeira vez que Jorge Kajuru faz críticas diretas a Davi Alcolumbre. Na primeira sessão do ano, o senador se disse "boicotado" pelo presidente do Senado , que não analisou os pedidos de instauração das CPIs da Lava Toga e do Esporte.

Leia também: Jorge Kajuru usa tribuna do Senado para dizer que é boicotado por Alcolumbre

Em seu perfil no Twitter, Kajuru respondeu sobre a possível denúncia. "O sonho dos que desejam me cassar no Senado Federal! Dizer que um presidente não gosta de trabalhar é ofensa moral".




    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários