Jorge Kajuru na tribuna
Jefferson Rudy/Agência Senado
Jorge Kajuru (Cidadania) reclamou do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM)


Um dia após o retorno das atividades parlamentares, o senador Jorge Kajuru usou a tribuna para criticar o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM). O parlamentar do Cidadania afirmou nesta terça-feira (4) que está sendo boicotado em alguns planos apresentados à Mesa Diretora. 

Leia também: Davi Alcolumbre garante apoio "irrestrito" a brasileiros na China

Jorge Kajuru pede a instauração de duas CPIs no Senado: do Futebol e da Lava Toga. Além disso, também chegou nas mãos de Davi Alcolumbre o pedido de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal.

"Eu, Kajuru, sou nome boicotado na TV Senado . 'Porque o Kajuru pertence ao grupo Muda Senado. Porque o Kajuru emite algumas opiniões nas redes sociais. Então, evite entrevistar o Kajuru'. Eu queria dizer que não faz falta nenhuma para mim".

Leia também: Pensão, 13° do Bolsa Família e mais: Congresso inicia ano com 27 MPs na fila

Kajuru afirmou também que as eleições marcadas para o segundo semestre não podem servir de justificativa para que o Congresso Nacional deixe de apreciar as reformas tributária e administrativa e o marco legal do saneamento.

Leia também: Líder do PT foi o parlamentar que mais gastou verba do Senado em 2019

Jorge Kajuru ainda aproveitou para cobrar o uso responsável do dinheiro público, ao comentar as despesas de autoridades com viagens e refeições. Ele também defendeu a divulgação do que o governo federal gasta com os cartões corporativos.


    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais