Deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP)
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados - 2.7.19
Deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP)

A deputada estadual mais votada do estado de São Paulo, Janaina Paschoal (PSL), afirmou que não irá apoiar Luciano Huck, José Luiz Datena (MDB) ou outros candidatos que trabalhem na televisão e desejem disputar a Prefeitura de São Paulo ou a Presidência da República

Leia também: Janaina Paschoal bate boca com líder do PSL na Alesp: 'Pau mandado do PT'

"O Datena tem que ficar onde está. Gosto dele como apresentador, já me entrevistou, uma pessoa boa. Mas acho que não deve misturar. Se ele vier, respeito como qualquer pessoa que se candidata. Mas não faria campanha", disse Janaina em entrevista neste sábado (29) ao UOL . A deputada vê a possível candidatura de Huck da mesma maneira.

Janaina também disse estar preocupada com a direita na eleição deste ano na capital paulista. Ela acredita que haverá muitos candidatos de direita e que isso pode acabar afetando alianças. Até o momento, os principais nomes que podem se enfrentar são Arthur do Val (Patriota), Andrea Matarazzo (PSD), Joice Hasselmann (PSL), Filipe Sabará (Novo) e Bruno Covas (PSDB).

Leia também: "Bolsonaro não é um homem de partido e não precisa do PSL", diz Janaina Paschoal

"Cada um deles sabe que o adversário no primeiro turno vai ser o colega de direita. Com certeza vão se digladiar. No ambiente hostil de uma eleição, vão se defender, vão se acusar. Não é um bom cenário”, afirmou Janaina . Ela teme que esse ambiente hostil possa dificultar a disputa do segundo turno, entre um nome de direita e outro de esquerda. Contudo, não acredita que haverá dificuldades para a direita chegar ao segundo turno.

    Veja Também

      Mostrar mais