Tamanho do texto

Deputada do PSL, Caroline de Toni, lamenta crise em seu partido e acredita que devem se manter próximos de aliados, pois opositores estão na esquerda

Caroline de Toni arrow-options
Marcelo Otowicz
Caroline de Toni na Câmara dos Deputados.

A deputada federal, Caroline de Toni (PSL-SC) afirmou, em entrevista à rádio Jovem Pan nesta sexta (22), que lamenta pela crise em seu partido, mas elogiou o governo do presidente Jair Bolsonaro. “Quando a gente leva crítica, elas são ouvidas, vejo muita humildade nele”, explicou a deputada do PSL.

Leia também: Aliança pelo Brasil: O que pode acontecer com o partido de Bolsonaro

 “O Bolsonaro é autêntico e está cumprindo as promessas de campanha. O pessoal se apega ao jeito dele para falar mal, mas o resultado do governo nesse primeiro ano é espetacular”, afirmou a deputada do PSL .

Para ela, os parlamentares envolvidos no racha do partido, como Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann precisam assumir as consequências de seus atos. Afirma que as brigas estão mostrando as verdadeiras intenções dos filiados ao partido. Mas, acredita que nesse momento o PSL precisa cuidar bem de seus aliados, pois “os opositores estão na esquerda”.

Leia também: Rabino Henry Sobel morre aos 75 anos

Sobre Joice, a deputada do PSL afirmou que ela deve continuar apoiando e aprovando as pautas de Bolsonaro. “Não é inteligente ela ir contra o governo. Só tem a perder com isso”. Joice ambiciona conquistar o cargo de prefeita de São Paulo, mas a crise no partido pode levar a perda do apoio de Bolsonaro.